sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

A beleza que não via...

Como não dei por ela antes? De certeza que há muito me cumprimentava quando saía, apressadamente, para o local de trabalho. Hoje, reparei nela. Mostrava o seu choro, aprisionando algumas gotinhas de chuva. Apressei-me, perpetuei-a em imagem. De certeza que fiquei perdoada. Odete Ferreira, esta tarde, alma de cor vestida, contrastando com o cinzento do dia..

(...) 

(Costumo dar conta das atividades literárias em que participo. No entanto, não me foi possível escrever no tempo certo, coincidindo com atividades prementes na escola. Cada uma delas me trouxe um aporte de enriquecimento pessoal e a oportunidade de falar com as pessoas reais que estão por detrás dos escritos, aquando da presença em lançamento de livros. Em outras, de caráter mais tertuliano, como Poetry Slam (em Tertúlia Castelense) e Porto Poesia (em Orfeão do Porto), foram as partilhas poéticas e as encantadoras conversas entre o leque de amig@s que, de virtuais, passam a ser reais. E risos, muitos risos! )

(Link para a minha página no FB onde divulgo algumas fotos elucidativas)

15 comentários:

  1. Fui lá FB espiar. Por aqui fico com esse desabrochar mesmo que tenha demorado a ser percebido.
    Beijuuss Odete

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obg, amiga Rê.
      A culpa foi da rosa linda que nasceu e eu não dei por ela. Até ao dia em que escrevi...

      Bjuzzz, amiga :)

      Eliminar
  2. Fiquei presa à última frase do parágrafo, lá acima.
    Suspirei, mais uma vez.
    Há alturas em que a tua prosa me deixa...em suspenso!:)

    bji, querida
    Nina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até eu ainda ando "em suspenso" :) :)

      Obg, princesa linda...

      E em homenagem ao meu piKeno admirador não tiro esta foto!

      Bjs :)

      Eliminar
  3. P.S: E disse o teu mais profundo, embora pIqueno, admirador, quando lhe mostrei as fotos "Onde está o chapéu?!":)))

    Mais bjis, princesa

    ResponderEliminar
  4. Minha querida

    A tua rosa é linda e conhecer amigos é maravilhoso.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, minha querida Rosa. Adoraria conhecer pessoalmente todos os amigos virtuais. Sei que ainda conhecerei muitos mais aquando de lançamentos...

      Bjo, com carinho e admiração poética :)

      Eliminar
  5. Olá, obrigado pela partilha....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um prazer, Fernando...

      Bjinho :)

      Eliminar
  6. Que linda rosa!!

    Essa beleza é única...Imagino o perfume,né?

    Adorei as tuas palavras-rosas perfumadas!!

    Beijo,querida amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu adora a alma que "afago" nas palavras que deixas, amiga Suzete...

      Bjo, querida amiga :)

      Eliminar
  7. Ás vezes a vida não nos deixa ver o que está mesmo ao lado. Também adorei o poema anterior. É lindo. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obg, pela tua presença, rosa-branca. Costumo estar atenta aos pormenores mas há alturas em que o trabalho não tolera adiamentos.
      Grata por apreciares o meu "Hora marcada"...

      Bjo poético :)

      Eliminar
  8. Como te entendo, Odete! É que este ano algumas rosas deixaram-se ficar até Dezembro e era uma supresa repentina e maravilhosa quando se descobriam. Tens ali uma rosa - diziam-me. E era uma pequena festa de Inverno.
    É lindíssima a tua rosa e a tua sensibilidade poética.
    Bjuzz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, amiga Teresa...Eu fiz a festa sozinha, perpetuando-a neste singelo registo.

      Obg, querida amiga.

      Bjuzz :)

      Eliminar