quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Entardece o tempo, meu amor

Obra de Richard S. Johnson

Entardece o tempo, meu amor,
na espera das rosas
a crescer no corpo do desejo
ou dos cravos a fervilhar a paixão.
Nos olhos cravejados de emoção
que a alma verte,
deixando minúsculas pocinhas
na pele ardente,
sinto especialmente
a erosão das horas,
o vazio do espaço
quando me faço ao caminho.
E ranjo os dentes ao tempo
que nos entardeceu.

As rosas esmagadas se deixaram
no abraço desejado, premente.
Mas os espinhos dilaceraram
a boca do silêncio para sempre.

De novo, pacientemente,
semeaste outras rosas
de uma espécie diferente,
despertando o silêncio.
E a boca, quebrado o feitiço,
murmura incessantemente,
gatinhando escarpas,
alcançando as dunas,
apressa-te, meu amor,
antes que a brisa nos entardeça.

OF- 31-07-14

23 comentários:

  1. O tempo tem essa particularidade inadiável de entardecer-nos. E há rosas que foram esmagadas, outras que morreram. Podem e devem semear-se outras, belas também, mas já não serão as mesmas...E essas entardecerão também, como nós.
    Belíssimo poema, Odete!
    E sempre o factor "tempo" na tua escrita!...:-))
    xx

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga.
    O tempo na minha opinião é novo
    maior amigo.
    De vez e quando somos atropelados por ele nos colocamos
    por ele.
    Desejo a vc um final de semana.
    Um abençoado , Domingo

    ResponderEliminar
  3. Neste entardecer

    até o mar se alevanta

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Lindo Odete! Aproveitemos esse entardecer com sabedoria e equilíbrio.
    Beijuuss

    ResponderEliminar
  5. Um novo plantio e esperanças renovadas. O sentimento estava apenas adormecido e não acordou para outros espinhos decorrentes de inútil espera. Há ansiedade, há pressa, mas há um coração que agora não mais silencia e pede: apressa-te!
    Muito lindo! Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Odete , " tempus fugit " e as rosas nem sempre esperam . Gostei muito do poema , como sempre . Agradeço a partilha . Beijos

    ResponderEliminar
  7. "apressa-te, meu amor,
    antes que a brisa nos entardeça"
    Todo belo e com fechamento estupendo!
    Bom fim de semana!!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  8. Sempre que o tempo se esvai nos caminhos do entardecer, a continuidade permanece no nascimento das sombras do luar e dos silêncios da cumplicidade.
    "[...] apressa-te, meu amor,
    antes que a brisa nos entardeça."




    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  9. O tempo que nos entardece também pode ser o que nos traz um novo amanhecer...

    Bem te digo que nem toda a gente tem esse teu dom de escrever poesia.

    Minha querida, abraço de boa semana:)

    ResponderEliminar
  10. Que sua semana seja abençoada
    e a minha também.
    Com tremenda dificuldade para digitar
    venho deixar meu carinho e amizade
    que não tem nada de pequena.
    Os anos vão passando e a cada um deles nos tornamos
    mais amigos na verdade quase irmãos.
    E pensando nas palavras de Deus
    perante a ele é isso que somos.
    Beijos no seu doce coração.
    Evanir.
    Que lindo querida seu poema é belíssimo.

    ResponderEliminar
  11. Querida amiga
    Hoje vim agradecer a sua linda visita ao meu cantinho.
    Muito obrigada!
    Uma linda e muito abençoada semana para você!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  12. Belíssimo a começar pelo título: "Entardece o tempo,meu amor"
    O poder da infinitude do amor...
    A tua excelência literária nos proporciona mergulhar neste encantamento
    poético, um romantismo atemporal guiando a leitura pelas belas e
    sublimes metáforas,nos silenciando (entardecendo) numa
    enorme admiração...
    Bravo!!
    A imagem é linda e perfeita para o poema.

    Uma semana luminosa!
    Bjos,amiga querida.

    ResponderEliminar
  13. O tempo entardece e entardece-nos.
    No ocaso do tempo que é o nosso, o amor permanece, renovado, recriado, fortificado, baseado na amizade que perdurará para lá do entardecer.
    Lindo EU, minha querida. Excelente!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Bom dia Odete!
    Pleno de sentimentos esses versos!
    "apressa-te, meu amor,
    antes que a brisa nos entardeça".e eu Odete ainda acrescento antes que sejamos apenas um amor para recordar no entardecer...porque o tempo não perdoa e agente não consegue entardece-lo!

    Obrigada pelas visita em meus blogs.
    Bjsss

    ResponderEliminar
  15. Por favor, me perdoe pela copia e cola.
    Mas hoje é por um motivo especial.
    Levar ao conhecimento de todos aos meus amigos o meu mais recente trabalho.
    Desde já agradeço o seu carinho, sua atenção e sua compressão.

    Vem ai Uma Menina Chamada Esperança!
    Em breve comunicarei o lançamento deste emocionante livro! Que ao voltar no tempo dos nossos antepassados, nos faz renascer para a chama da esperança, - olhar para o futuro e ver nossos sonhos realizados!
    Querida amiga, eu ficaria muito feliz se pudessem me ajudar a divulgar meu mais novo trabalho, o qual foi feito com muito carinho e dedicação para todos os leitores que gostam de viajar entre as palavras de um livro. É um livro juvenil, mas que com certeza vai tocar o coração de todos. Assim é o que eu desejo.
    Penso que estou pedindo um pouquinho demais, mas se for possível me ajudar também curtindo Esta postagem na minha pagina e a pagina deste livro no face eu lhe agradeço de todo o coração.
    Muito obrigada!

    https://www.facebook.com/UmaMeninaChamadaEsperanca?fref=nf



    Logo que tiver uma data precisa do lançamento do livro avisarei a todos.
    Conto com o apoio de cada um de vocês, para a Menina Esperança realizar o seu sonho!
    Desde já agradeço o seu apoio e amizade.
    O meu muito obrigado
    Que Que abençoe a cada um e uma de vocês, meus amigos e amigas.

    Maria Alice

    ResponderEliminar
  16. Adocei-me nesse entardecer do tempo.

    Uma ternura que ultrapassa calendários, horas, anos.

    Um encanto de poesia.

    vou reler, apetece-me.

    Beijinhos


    ResponderEliminar
  17. Belas palavras nesta poesia, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  18. Oi tiaaa!
    Boa noite! Vim te agradecer todas as visitas que vc faz em meu blog.
    A poesia é linda tia parabéns.
    Bjss e até breve!

    ResponderEliminar
  19. Um entardecer que nos leva pela noite da emoção.
    Uma delícia de sentir.
    bj

    ResponderEliminar
  20. É a pressa de quem ama, estampada nesse belíssimo poema.
    Docemente maravilhoso!
    Odete, beijos!

    ResponderEliminar
  21. Um poema bebido nos madrigais da natureza e da pulsão poética.
    Belo, Odete!
    Bjuzz

    ResponderEliminar
  22. Odete,
    nesta tarde de primavera, que mais parece verão, dou-me conta de que o tempo entardece e nos entardece, a nós, mais do que lhe pedimos, mais do que gostaríamos. Mas é dono de vontades, o tempo!

    um bj amg

    ResponderEliminar