quinta-feira, 8 de março de 2018

A vida que te é (de)vida


Obra de Brooke Shaden, We are Infinite

Se te souberem dizer em que tempo,
em que lugar, ou em que ato
te soubeste culpada,
é porque de sanidade
ficou órfã a humanidade.

Pertencerá à terra, a honra do teu legado.
Pertencerá ao pó das sementeiras primaveris
e dos ventos de feição a exortação da
tua palavra, do verbo primeiro, do sentido
dos cabelos destrançados nos braços da criação.

Será dos enxertos necessários,
o ensejo da renovação da seiva,
da decantação do sangue,
da libertação das palavras
- que fendem os teus direitos, mulher!

Se te disserem que nasceu um mundo novo,
silaba as palavras, solfeja os sons, sustem as raízes.
Pelos tempos, pelos espaços e, sobretudo,
pelos livros sagrados da tua religiosidade.
Firma-os em ato solene, com assinatura de poeta,
Numa caligrafia redonda, inquestionável à escuridão dos tempos.

Odete Costa Ferreira 

22 comentários:

  1. ❤ Boa tarde mulher linda! Parabéns pelo seu dia, nosso dia❤ Não somente hoje, mas todos os dias, que sejamos reconhecidas e amadas. Que nossos direitos sejam cobrados e que a sociedade seja justa, sem descriminação.
    Feliz dia Internacional da mulher, extensivo a todas as mulheres da sua família!

    ResponderEliminar
  2. Há tantas mulheres sem vida, à procura de um mundo novo que lhes restitua a dignidade.
    Gostei de ler
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. ❤ Boa noite mulher linda! Parabéns pelo seu dia, nosso dia❤ Não somente hoje, mas todos os dias, que sejamos reconhecidas e amadas. Um dia só é pouco pois és a mais elevada das criaturas, o mais sublime dos ideais, o coração que fabrica amor Todo dia é dia da mulher! Que nossos direitos sejam cobrados e que a sociedade seja justa, sem descriminação.
    Feliz dia Internacional da mulher, extensivo a todas as mulheres da sua família!
    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    ResponderEliminar
  4. Excelente trabalho, gostei bastante desta bela poesia minha amiga.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar

  5. Uma celebração da Mulher que me é muito cara. Trazes gravado neste poema o princípio, o momento primeiro, da Humanidade. Dando vida à Vida a Mulher se reiventa e tudo renasce e floresce tal como nos mistérios da Natureza: Mãe-Natureza e Mãe-Mulher.

    Muito obrigada, minha amiga.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  6. Bom dia, Odete, que belo poema, escrita maravilhosa,
    cada verso mostra o significado de ser mulher no mundo e para o mundo.
    Um poema filosófico.Gostei demais. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  7. Poema belo e profundo que nos remete para a sabedoria das antigas "sibilas"que detinham a chave do Futuro.

    gostei muito, odete.

    beijo, minha amiga

    ResponderEliminar
  8. Odete, minha amiga,
    desculpa a gralha no teu nome.

    beijo

    ResponderEliminar
  9. Um belíssimo poema, Odete. De homenagem à Mulher. Sabemos a coragem que é necessária para que muitas mulheres sobrevivam à rotina, aos preconceitos, e a tudo o que muitas vezes a pobreza e a guerra as sujeita.
    Um beijo para tu, Mulher.

    ResponderEliminar
  10. Belíssimo poema de exaltação à mulher, pelo que somos passados tantos séculos.
    "Não se nasce mulher, torna-se mulher!"
    Um beijo, uma linda semana!

    ResponderEliminar
  11. Talvez só outra mulher sinta a profundidade das raízes , neste louvor , hino, grito incontidos à exaltação da dignidade da condição feminina . Teu poema é profundo, com uma completude emocionante . E nunca estará completo o trabalho sobre a Mulher e seu papel incontornável na sociedade , se não houver muitos mais enxertos para a renovação deste tronco, tantas vezes golpeado pelas intempéries da sociedade .
    Brilhante, Odete, como sempre !
    Abraço , Amiga

    ResponderEliminar
  12. Querida Odete

    Relendo o este teu poema, encontro nele tanto e tanto do tudo que a Mulher sente no seu íntimo que temos mais uma vez a prova do teu talento e de como a tua escrita é divina.

    Hoje, dia da Poesia venho aqui homenagear-te com todo o meu carinho.
    E também é dia da Árvore.
    Plantemos muitas árvores e saibamos preservar as que existem.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  13. Um poema fantástico, expressivo e belo de que muito gostei.
    Este sentir a mulher, ser iniciático, como peça da total vastidão geográfica do planeta e do cosmos, agradou-me.
    Beijinhos, querida Amiga.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  14. Detive-me à perfeição do título (tu sabes como adoro
    um belo título...rss)...
    Depois, a imagem escolhida, linda!...
    O poema é a inscrição da tua excelência poética, Odete.
    Uma bela e singular homenagem para Mulher, numa trajetória
    histórica e filosófica, em que a tua arte poética expressa
    a essência da força e presença da Mulher, geradora matriz
    do universo e também oprimida sobre este comando e seus
    direitos. Sendo ela a vida em busca da vida que lhe é
    devida numa sociedade ainda machista, com leis arbitrárias
    ao direito à igualdade...

    Bravo, admirável poeta.
    Bjos.

    ResponderEliminar
  15. Estás sempre tão atenta! Que preciosa homenagem que tão bem expressas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Dívida da vida que é devida ou te foi negada, mulher!?... Tu é o centro, o meio, o prumo, o rumo, a luz! Tu és a mãe - a matriz. Meio pelo qual a vida roda... Criatura criadora à imagem do Criador! O resto é igualdade, mas um pouco mais igual... Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
  17. Um dos melhores poemas que já li em homenagem à Mulher.
    Parabéns pela excelência das tuas palavras.
    Continuação de boa semana e uma Páscoa Feliz.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  18. Lindo o poema,
    feminino, Mulher,
    "inquestionável à escuridão dos tempos".

    Esparsos aos quatro ventos
    os cabelos, espalhados na terra
    que os acolhe, são
    infinitude larga do abraço,
    Mulher!

    Bj.

    ResponderEliminar
  19. Magnifico poema, que tão bem captou a essência de se ser mulher, e o seu anseio, pelo reconhecimentos dos seus direitos... ainda negados, e reprimidos, em tantos pontos do mundo...
    Uma belíssima homenagem, a todas as mulheres, neste trabalho tão profundo, que adorei apreciar...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  20. The blog are the best that is extremely useful to keep.
    I can share the ideas of the future as this is really what I was looking for,
    I am very comfortable and pleased to come here. Thank you very much!
    ดูหนัง

    ResponderEliminar