domingo, 5 de setembro de 2010

Poema: Dor de cabeça

Economias
financeiras
e outras que tais.
Tema de conversas,
puramente infernais.

Provoca dores de cabeça,
que nos torna irritáveis.
E os senhores da finança,
terão essa consciência?

Olhar repousante.
Calmo, muito calmo.
A piscina coberta,
mesmo em frente,
aprisiona a água asséptica.
Diferente da água cristalina,
no meu olhar.
Que se detém na envolvência.
Nos verdes da relva e das árvores.
Passarinhos escondidos!
Um presente!
Aliviam as dores de cabeça
e tornam-nos - afáveis!

O Verão voou!
Que o seu tempo,
não é nosso.
Apenas o momento.
Que também já passou.

Saudades…
Sentem-se,
Sempre.
Têm lugar cativo,
algures, na mente.

Não devia ser assim.
Parece que não há presente!
Contradição…
O presente já é passado
ainda que se esteja no presente.

Ah, esqueci!
A dor de cabeça
que tinha
Ao chegar aqui!

OF 02-09-10, quinta-feira,12:45

12 comentários:

  1. ADOREI!
    Adoro a forma como te expressas, quer em prosa, quer em verso (lembra-me que ainda tenho muito que aprender e isso é mt bom. Sinto-me humilde, humana...e gosto:))

    bji, querida.
    Vá lá, faz um esforço para manter o blogue com estas coisas lindas;)

    ResponderEliminar
  2. Especifica, por favor.

    Cefaleia ou enxaqueca?

    Ok, ok...já vou...não me dês na cabeça...

    ;)

    ResponderEliminar
  3. E n é a mesma coia, oops!!!?;)
    Se não é, fui bem enganadinha!

    jinhos aos 2

    ResponderEliminar
  4. Obg, por teres apreciado tanto! Este, para mim, nem é dos melhores. Se fosse a publicar todos, acho q abria 1 blog só para a poesia...Tenho-me resguardado!!!
    Achei engraçado teres dito q gostavas da minha forma de escrever...Tb gosto de ler os teus textos, mm q n comente (o tempo, esse malvado!).
    E, já agora, aprendemos uns c os outros...
    Bjinho :)
    Ah, vou tentar ter o blogue mais cheiinho!

    ResponderEliminar
  5. Bem, obg pela ajuda na colocação da ft, por isso n t vou dar na ...cabeça!!!
    Nem uma, nem outra... sentido figurado! :) :)
    Coisas de poetisa (como me apelidam os meus amigos da poesia).
    Já te disse, nunca sei o q vou escrever, geralmente parto apenas de 1 frase ou ideia; por vezes de 1 conversa havida, outras de vivências q nos fazem sorrir ou q "matam" pedaços de algo...
    (Bem, este comentário já dava 1 belo texto, n achas?)
    Bjinho (antes q fique demasiado lamechas...)

    ResponderEliminar
  6. Ah, agora já lá está td o menu!!! Bem, bem, oops!!!

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pelo elogio, querida.
    Qto aos teus poemas, e por que não? Não custa assim tanto colocá-los aqui e divulgares. Pelos que já li, merecem!;)
    bji gde
    Tem um dia lindo!

    ResponderEliminar
  8. Na verdade, não custa nada, contudo ainda estou a organizar os que fiz nas férias, colocando fotos.
    Quero fazer 1 espécie de book poético ):)
    O dia...Bem, passou-se (algum trabalho já)
    A noite, vamos ver (espero não ficar nostálgica!!!)
    Bjinhos (de hj e para amanhã...)
    P.S. Fizeste a formação do NPPEB?

    ResponderEliminar
  9. :) E fazes muito bem!:)

    A formação que hoje concluí é sobre os QIM (fases e mais fases:))
    bji

    ResponderEliminar
  10. Mais um poema lindissima...estou a ficar sem palavras!!

    ResponderEliminar
  11. E se pusesses as palavras q n usas tb em poema!?
    Bjus :)

    ResponderEliminar