domingo, 22 de junho de 2014

E sorri à madrugada

A sonhar escrevi-te um poema
decalcado na pele do teu corpo.
Decifrava-o como língua gestual
seguias o movimento labial.

Mas perdias-te…
E eu repetia
num crescendo sensual,
Seria da sedutora poesia
ou teu amar que crescia?

(Ao acordar tudo se esfumara
como rua lavada após chuvada)

Em lençóis alvos amarfanhada,
na mão tua imagem desenhada
reconstituí a memória desfocada,
soletrando cada palavra inventada
…E sorri à madrugada.

 OF 19-09-12 
Obra de R. Bassani


Amig@s: já vou arranjando tempo para responder aos vossos comentários. :)

44 comentários:

  1. Respostas
    1. Obg pela tua presença, Daniel.
      Bjinho :)

      Eliminar
  2. Olá amiga Odete, sorrir à madrugada...é urgente sorrir a alguma coisa, quando se é capaz. Belo o teu poema que adorei. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga rosa-branca, por andar demasiado soturna é que fui buscar um poema de outros momentos...:)
      Bjo. Grata.

      Eliminar
  3. Um acordar de esperança e um belíssimo poema.
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com um sonho destes, Armando, só podia! :)
      Obg. Bjo :)

      Eliminar
  4. Belíssimo poema!!

    Odete,este teu poema mágico,repleto de sentires,me remeteu

    a uma frase poética do nosso sábio Poeta Mario Quintana:

    "Sonhar é acordar-se para dentro."

    Beijinhos,querida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lindo, Suzete! É mesmo! Não conhecia, vou tentar fixar!
      Obg, querida. BJO :)

      Eliminar
  5. Um sorriso delicioso. Adorei.
    Beijos mil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devia ser, amiga D (acho que ainda mandarei colocar um espelho no tecto :) ).
      Obg por sorrires!
      Bjo (agora já me apetece brincar um pouco...)

      Eliminar
  6. Que belo sorriso!

    Que o dia se adivinhe apetecível

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida, Pérola, de certeza que o dia devia ter sido fantástico. Um sonho assim!
      Bjo :)

      Eliminar
  7. Boa noite, Odete.
    Que encanto de poema!
    Inspiração aqui houve demais, fez as palavras soltarem aos olhos e caminharem lindamente.
    Parabéns.
    Tenha uma semana de paz!

    http://refugio-origens.blogspot.com.br/ (blog onde escrevo nos dias 09 e 23 de cada mês)

    http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/(blog pessoal)

    http://carinhosemselosdosamigos.blogspot.com.br/ (blog pessoal)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Patrícia, tento ir a uns e outros...:)
      Obg pela generosa apreciação.
      BJO :)

      Eliminar
  8. O poema está excelente, amiga!

    Um poema que diz tudo, com suavidade e leveza.

    A ilustração agradou-me.

    Abraço com carinho, Poeta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida São. Tenho sempre dificuldade em escolher o poema a postar, exceto os que são adequados a certos momentos. Folheio os dossiês -imprimo sempre o que escrevo, torna-se mais fácil- mais do que uma vez até que lá me decido por um...:)
      Bjo :)

      Eliminar
  9. Os melhores sorrisos

    de madrugada

    ou ao entardecer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é que tens razão, Mar?
      Tantos poemas ligados a estes momentos; também aos anoiteceres...
      BJO :)

      Eliminar
  10. Em sonhos se escrevem os mais belos poemas, dispensando gestos e palavras…
    Com sensualidade na dose certa, terminando com um sorriso de esperança, este poema é lindo!
    Parabéns, amiga.
    A imagem é muito bonita.
    Dias felizes te desejo.
    Beijinhos

    PS - Não posso deixar de agradecer as palavras tão gentis deixadas lá na minha «CASA». Fizeram muito bem ao meu ego :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mariazita: em breve terei mais tempo par ir ao teu espaço (gosto de conhecer vivências e o que escrevo é sempre o que penso!)
      Grata pela gentil apreciação.
      BJO :)

      Eliminar
  11. Que beleza amiga! Sempre encantada com sua poesia.
    Beijuuss sorridentes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Rê: e eu bem gosto que venha lê-la!

      Bjuzz :)

      Eliminar
  12. Tenho que vir devagar, retomar os passos que me envolvem na tua escrita.
    Conta comigo!
    Bjuzz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então não conto, querida Teresa!
      Mas vê se te apressas!
      Bjuzzz :)

      Eliminar
  13. Há gestos que nos fazem perder.
    Por isso, as repetições são necessárias, porque desejadas...
    Excelente poema, gostei imenso, como sempre. E da sensualidade velada das palavras também.
    Tem um bom fim de semana, querida amiga Odete.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdidamente, querido Nilson, pelo menos poeticamente!
      Obg, Bjo :) :)

      Eliminar
  14. Minha querida

    Um poema lindo e envolvente que adorei ler. Tenho andado afastada, mas estou voltando e agradecendo o carinho e apoio.

    Um beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Rosa Maria: também não tenho podido estar o tempo que gostaria (ando noutra empreitada: obras urgentes cá por casa, além de uns achaques...).
      Obg, amiga.
      Bjo :)

      Eliminar
  15. Odete , muito bonito seu poema . Me lembrou frase de música de Chico Buarque : " Quero ficar no teu corpo como tatuagem , que é para te dar coragem de seguir viagem quando a noite vem . " Agradeço a partilha e a generosa presença no meu espaço . Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Marisa: não conhecia, mas obg por partilhar. Lindíssima!
      Grata por ter apreciado esta minha singeleza...:)
      BJO :)

      Eliminar
  16. Uma maravilha, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Og pela apreciação, Lisette.
      BJO, amiga :)

      Eliminar
  17. Esta poesia merece ser lida, relida e saboreada.

    Está excelente, digna de mestre.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pérola querida: feliz por poder oferecer "um prato" tão apetitoso!
      Grata :) :)
      Bjo

      Eliminar
  18. Gostei , Odete, pena não ter passado de um sonho...
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Shirley...Quem escreve dissimula muito!
      Obg. BJO :) :)

      Eliminar
  19. Um sonho sonhado. Olá amiga passando rapidinho para avisar que de hoje até o dia 06 de julho estarei recebendo as poesias para o 9º Pena de Ouro, lembrando que as 20 primeiras é que serão selecionadas. Caso não deseje participar da brincadeira como poetisa conto com tua presença a partir do dia 12/07 para a votação. Um enorme beijo no coração (ISSO É UM SPAM KKKKKKK)

    http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lindalva, vou tentar apressar-me para ver esse desafio...
      Obg pela confiança.
      BJO :) :)

      Eliminar
  20. Oi, Odete!
    Um sonho bom que reforça as boas lembranças e provoca sorrisos... Também quero! (rs*)
    Gostei bastante desse poema preguiçosamente sensual!
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luma querida: também sorrio com os vossos sorrisos... :)
      Obg. BJUUS :)

      Eliminar
  21. Odete, um poema grande!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo AC: de facto tornou-se um gigante com a vossa presença!

      Obg. BJO :)

      Eliminar
  22. Boa noite Odete!
    Menina e que sonho hein!
    Como é bom sonhar, eu adoro! Um de meus verbos prediletos depois de amar é claro. Obrigada pela linda poesia. Tbm vim aqui te avisar que o meu blog já esta curado deu trabalho mas agora livre dos bichinhos.
    Tbm vim te convidar pelo grande evento no blog da Lindalva,e como ela tem outros blos estou deixando o link pra vc tá? http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/

    Bjsss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Célia, estar já tudo limpinho!
      Obg por ter gostado, amiga. Como já escrevi ali em cima, vou tentar participar. A ver se os meus afazeres não me traem!
      BJO :)

      Eliminar