quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Impressões


Ontem
Hoje
Não existiram
Coexistiram
Num amplexo sem cortes temporais
Numa fluidez sem comparação
Já não se pode falar
Em águas límpidas
-poluição-
Liquidez
Também não
Solidez, prefiro
Há vida, há emoção

Coração aberto?
Não
Alma exposta?
Hoje não quero
Espírito atento
A impressões…

Se soubesse pintar
A tela seria..
Uma obra prima
Para qualquer ser
Que a tomaria
Como sua.

Retrataria
Apenas
Esbatimentos
De estados indefinidos
Mas profundamente sentidos.

OF 29-07-10
(Poema da série Esplanadas não incluído no livro "Em Suspenso")
http://www.worldartfriends.com/pt/club/poesia/impress%C3%B5es-4

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Apaguei o comentário porque o achei pobre, ao reler-te.
    Fica, apenas, um beijinho.:)

    ResponderEliminar
  3. Olá, pikena...
    Bem, não sei se seria pobre, mas sei que sempre nos tentamos superar :)
    Recebo o bjinho (já é um comentário tão rico!).
    Outro, me(Nina):)

    ResponderEliminar
  4. Deixa-me contar-te a verdade:
    Entrei no site da editora, como sempre faço quando aqui pões o link, porque adoro ler o que te dizem por lá e fiquei envergonhada perante a pobreza do meu comentário.
    Um dia destes, prometo, escrevo-te uns versos!:))

    O beijinho é bom. É muito sentido. (os comentários também são, mas este beijinho lembra o nosso abraço:))
    xi gde

    ResponderEliminar
  5. Sabes que pensei nisso? Já te tinha dito que no site da minha editora há pessoas com muitíssima qualidade (tomara muita gente que se acha crítica de qualquer coisa, apreciasse poemas -ou outra forma de arte - como ali se faz, Quando coloco o link, faço-o numa postura pedagógica: todos aprendemos (eu própria fico a apreciar mais o que escrevi, pela diversidade interpretativa, pois só eu sei a razão daquele escrito). Quem aqui me visita poderá também enriquecer-se, se assim o entender. Aliás, já o referi também aos colegas de Português...
    Eu vou fazendo uns leves comentários, sabem que o meu tempo ainda é muito preenchido, profissionalmente.
    Só te dou um ralhete: não tens que te sentir assim, nem pensar!!!
    E por aqui me fico! BJOS :)

    ResponderEliminar