sábado, 15 de abril de 2017

Santificado é o teu nome em mim


 É da pedra a ressurreição,
a dor sangrada do chão,
onde todos os cansaços se sagram e consagram,
no cume de um monte de oliveiras
e um céu de pão e vinho prometido.

Em ti, soube do sentido das palavras,
da agonia da desesperança,
da descrença dos desiludidos,
do descomedimento dos aflitos,
da surdez dos gritos na pele sofridos,
do esmagamento da cruz pela curva dos ombros.

Por ti, soube do significado da prece
e da aceitação dos males do corpo.
Resignadamente, mas com os olhos postos
num mundo onde já moravas, falavas,
sem calvários a prender o sorriso:
dos silêncios guardados em jejum
e dos dias santos, guardados
porque, em nós, santificados,
no recolhimento do divino quarto
onde há muito a luz era fiel aos contornos.

Por ti e por mim, avó, Feliz Páscoa!
Salvífico desejo. Agora e sempre. Amém.

OF (Odete Ferreira) - 12-04-17
Fotografia de Matt Molloy

20 comentários:

  1. Minha querida amiga. Adoro os teus escritos..
    Santa e feliz Páscoa
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  2. Acróstico

    Páscoa pelo escrito é a ressurreição
    Ávidos vendedores não pensam assim
    Seus ovos de coelhos, uma aberração
    Conceito de consumo venal e chinfrim
    Onde as crianças ótimas vítimas são
    Apenas não vale nem gastar meu latim.

    ResponderEliminar
  3. Há palavras que não requerem comentários, apenas que as ouçam. Com alma. Assim são as tuas.

    Uma excelente Páscoa, Odete!

    ResponderEliminar
  4. É da pedra a ressurreição,
    a dor sangrada do chão,
    onde todos os cansaços se sagram e consagram,
    no cume de um monte de oliveiras
    e um céu de pão e vinho prometido.

    Muito bonito, Odete, também concordo, há poemas que não precisam e não devem ser comentados, apenas a primeira interpretação, aquela do sentir.
    Amiga, desejo uma linda Páscoa pra você e sua família!
    Beijo! Obrigada pelo carinho de sempre.

    ResponderEliminar
  5. Feliz páscoa com muita paz e saúde! abraço

    ResponderEliminar
  6. Querida Amiga

    Ler e levar comigo esta unção através das tuas palavras. Voltarei.

    Desejo-te uma Santa Páscoa ao tua Família.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  7. Um poema-oração que nos leva à reflexão!
    Obrigada, Feliz Páscoa!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Boa noite, Odete.
    Belíssimo poema.
    O Sagrado está em nós na leveza de seu silêncio,na dor que levou por nós, na vida frutífera que nos deu.
    Não há mais pedra,escuridão ou sangue,somente muita luz e amor.
    Parabéns,amiga.
    Deus a abençoe na Páscoa diária.
    Beijos na alma.

    ResponderEliminar
  9. Um poema que é ao mesmo tempo uma prece de um coração aflito pelo mundo que nos rodeia e uma lindíssima homenagem à avó. As palavras e o silêncio emboscados no mesmo rumor dos tempos... Magnífico, Odete!
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  10. Caminheiro nos teus poemas
    sempre um prazer viajar
    Bj meu

    ResponderEliminar

  11. destes saberes (que não vêm nos livros) e destas "pedras vivas" se talham horizontes

    deste lastro cultural se alimenta a melhor Poesia!

    fremem meus lábios nesse "Amén"

    belíssimo, Odete

    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Salvífico ato em poema
    Cheio de luz, poesia,
    Amor, fé que contagia
    À luz da bondade extrema.

    Lindo poema com tema
    Dos mais divinos. Por via
    Do amor, há a magia
    Que eleva à vida suprema

    De um Deus feito homem e assim
    Fez de nós, com amor sem fim
    À imagem Dele - o Messias.

    O teu poema é em mim
    Uma oração. Um Serafim
    Canta as tuas poesias.

    Belíssimo poema! Parabéns, Odete! Feliz de quem em a graça da fé. Cordialmente. Laerte.

    ResponderEliminar
  13. OI ODETE!
    UMA ORAÇÃO EM FORMA DE POEMA E HOMENAGEANDO TUA AVOZINHA, ACHEI LINDO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde, desejo que tenha passado uma feliz pascoa em família, que assim continue para sempre.
    AG

    ResponderEliminar
  15. Mas que bela homenagem poética à avó, os meus parabéns minha amiga por este exemplar trabalho e espero que tenha tido uma Boa e Santa Páscoa.
    Um abraço.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  16. Belíssimo poema num encantamento com a merecida homenage a tua
    avó. Uma mestra para ti, que mora contigo (dentro de ti...), na
    louvação do sublime, dos rituais da prece, as palavras se movem num
    poder (divino) maior, a operar belezas próprias da transcendências...
    Importante agora que tu és avó, imagino um significado maior
    ainda para ti, amiga.
    Bjos.

    ResponderEliminar
  17. Um poema belo e comovente.
    Com a excelência literária a que já nos habituaste.
    Bom resto de semana, amiga Odete.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  18. Uma homenagem muito terna , esta tua.

    Infelizmente, a minha avó paterna morreu antes de meu Pai casar e a materna não tinha réstea de amor em si.

    Grande abraço e bom fim de semana, minha amiga. Beijinhos ao teu menino

    ResponderEliminar
  19. Sublime!
    Esta homenagem à tua avó traduz um amor tão terno e especial,
    que emociona.
    Apenas as avós conseguem laços destes para uma vida... e agora
    vai ser a tua vez...
    Dias encantadores e muito felizes.
    Beijinhos para ti e Ivo.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar